Projeto CanSat

 

Visite AQUI o SITE OFICIAL do nosso PROJETO!

 

cansat.epet.pt

 

CanSat

Parabéns à nossa Equipa EPET! 
"O júri decidiu ainda entregar uma menção honrosa à equipa Rhocan, da Escola Profissional de Estudos Técnicos, de Lisboa, que escolheram como missão identificar e seguir os aviões em voo, de forma a que não se perca a sua localização em caso de acidente em zonas mais remotas." Fonte: DN, Ciência, 30 DE ABRIL DE 2018

 

 2018 04 26 PHOTO 000010682018 04 28 PHOTO 000012182018 04 28 PHOTO 00001211

 

O que é a Missão CanSat Portugal

O CanSat Portugal é um projeto educativo da Agencia Espacial Europeia (ESA), organizado em Portugal pelo Centro AeroEspaço do Aeroclube de Torres Vedras em cooperação com a  Ciência Viva- Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, com o objectivo de proporcionar aos estudantes Portugueses a primeira experiência em projetos relacionados com a tecnologia aeroespacial.

  

A Importância Pedagógica

A Missão CanSat implica um grande envolvimento e capacidade dos estudantes para trabalharem em equipa num ambiente que reproduz um cenário real de operação, potenciando a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos ao longo da sua carreira escolar.

A nível pedagógico, esta missão experimental implica uma aprendizagem baseada na resolução de problemas, onde cada estudante deve demonstrar capacidade de trabalho em equipa, utilizando os recursos disponíveis.

 

O Desafio

O CanSat (satélite em forma de lata) é um modelo funcional de um micro-satélite, em que todos os sistemas são integrados no volume de uma lata de refrigerante.

O CanSat é lançado por um foguetão até uma altitude previamente definida (1000 metros) para que durante a descida seja possível realizar uma experiência científica, captar os sinais emitidos (telemetria) e garantir uma aterragem segura.

O desafio para a equipa que executa a Missão CanSat consiste em projetar, construir, testar e operar o CanSat em todas as suas envolventes:

• Definição dos objectivos da missão

• Projeto geral do CanSat

• Integração de componentes

• Definição e implementação do método de recuperação

• Aferição de funcionamento

• Ensaio de voo a bordo de um avião

• Preparação para lançamento

• Lançamento com foguetão

• Telemetria/análise de dados

• Controlo dos custos

• Elaboração de relatórios de progressão

• Apresentação de resultados

• Distribuição de trabalho entre os membros da equipa

 

Informação Operacional

As dimensões do módulo CanSat são idênticas às de uma lata de refrigerante, em forma de cilindro com 115 mm de altura e 66 mm de diâmetro, com uma massa de 350g. De acordo com o regulamento da ESA, estes parâmetros terão de ser rigorosamente cumpridos.

As antenas e outros dispositivos (sensores, paraquedas, etc) podem ser montados externamente, mas a envolvente exterior do CanSat não poderá ter dimensões superiores às regulamentares até que o módulo seja ejectado do foguetão.

 

Sites do Programa | Organização:

http://cansatportugal.org/

https://www.esero.pt/348/CanSat-Portugal-2018

 

Lista finalistas

 

Notícias:  Público

 

 

Porque juntos somos mesmo mais fortes! Viva ao Team ROCHAN. 

O júri decidiu ainda entregar uma menção honrosa à equipa Rhocan, da escola profissional de estudos técnicos de Lisboa que escolheram como missão identificar e seguir os aviões em voo, de forma a que não se perca a sua localização em caso de acidente em zonas mais remotas.

 

Leia a notícia no Diário de Notícias

Mas em suma, o objetivo do Cansat é realizar 2 tipos de missão uma primária e uma secundária, sendo que a missão primária é igual para todas as equipas (medição da temperatura do ar e da pressão atmosférica). 

A missão secundária é diferente para todos. No nosso caso, o objetivo é fazer a deteção dos sinais de ADS-B emitido por aeronaves sobre o Oceano Atlântico (tal como o faria um satélite) e desta forma validar cientificamente a cobertura de aeronaves que se consegue no ar quando comparado com o mesmo sistema no solo.

Assista ao nosso Vídeo

 

Testemunhos